jardineiroO executivo de uma grande empresa contratou, pelo telefone, um jardineiro autônomo para fazer a manutenção do seu jardim.

terno-feminino-e-masculino-7Quando o jardineiro se apresentou para o trabalho, Marcelo viu que estava contratando um garoto de apenas 15 ou 16 anos de idade. Ficou desconfiado, indeciso, mas, como já estava tudo combinado, ele pediu ao rapaz para começar seu trabalho.

Logo que terminou o serviço, o jovem jardineiro pediu a Marcelo para usar o telefone. Mesmo sem querer, o executivo acabou ouvindo a conversa:

O jovem ligou para uma mulher e perguntou:

– Bom dia, a senhora está precisando de um jardineiro?

Do outro lado da linha, a mulher respondeu:

– Não, obrigado, eu já tenho um.

O jovem continuou:

– Mas, além de aparar a grama, eu também tiro o lixo.

A mulher rapidamente falou:

– Nada demais, o meu jardineiro também faz isso.

O rapaz insistiu:

– Eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço.

E a mulher, simplesmente respondeu:

– O meu jardineiro também.

Mas, não se dando por vencido, o jardineiro, argumentou:

– Eu faço o atendimento, o mais rápido possível.

A mulher, não demonstrando qualquer interesse, falou:

– Mas o meu jardineiro também. Ele nunca me deixa esperando…nunca se atrasa.

Numa última tentativa, o jovem arriscou:

– Tudo bem, mas o meu preço é um dos melhores.

Do outro lado do telefone, a mulher, decidiu acabar com a conversa e falou:

– O preço do meu jardineiro também é muito bom. Olha, a minha resposta é não. Muito obrigada! Passe bem!

Desligado o telefone, Marcelo disse ao jardineiro:

– Ih, meu rapaz, acho que você perdeu um cliente.

O jovem, então, explicou:

– Claro que não! Eu sou o jardineiro desta senhora. Fiz isto apenas para medir o quanto ela estava satisfeita com o meu trabalho.

Que bom seria ver essa confiança em todas as pessoas, ter a certeza que o que fazemos, fazemos bem, e muito bem.
Podemos pegar essa pequena estória e mudar o nosso dia-a-dia e alterar completamente o rumo da nossa vida.
Posso dizer que as pessoas que me rodeiam me conhecem ao ponto de não querer outro amigo(a), irmã(o), filho(a), esposo(a), etc.
Tenho que pensar ser indispensável mesmo sendo dispensável, mas vou lutar vou realizar para quando na minha falta fazer falta.
Pr. Ricardo Silva, seu amigo

Cursos 24 Horas - Cursos Online com Certificado entregue em Casa

Anúncios