Uma vez um cavalo caiu num velho poço abandonado. O resgate seria muito caro. Então, o fazendeiro ordenou que aterrassem o poço com o animal lá dentro.

Mas, à medida que as pazadas de terra caiam no seu dorso, ele se sacudia todo e a terra ia pra debaixo dele. Assim, aos poucos, ele foi subindo junto com a terra, até uma altura em que pode ser retirado de lá com uma certa facilidade.

O dono havia decidido que ele iria morrer, mas, o cavalo era teimoso e não concordou muito com ele.

Saiu suado, fatigado, com a língua de fora, mas… saiu!

“Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.” – Isaías 40.31

Cursos 24 Horas - Cursos Online com Certificado

Anúncios