Era uma vez uma rosa muito bonita, que se sentia envaidecida ao saber que era a mais linda do jardim. Mas começou a perceber que as pessoas somente a observavam de longe.
Acabou se dando conta de que, ao seu lado, sempre havia um sapo grande, e esta era a razão pela qual ninguém se aproximava dela.
Indignada diante da descoberta, ordenou ao sapo que se afastasse dela imediatamente.
O sapo, muito humildemente, disse:
– Está bem, se é assim que você quer…
Algum tempo depois o sapo passou por onde estava a rosa, e se surpreendeu ao vê-la murcha, sem folhas nem pétalas.
Penalizado, o sapo disse a ela:
– Que coisa horrível, o que aconteceu com você?
A rosa respondeu:
– É que, desde que você foi embora, as formigas e insetos me comeram dia a dia, e agora estou deste jeito, feia e morrendo e sei que nunca mais voltarei a ser o que era.
O sapo respondeu:
– Quando eu estava por aqui, comia todas as formigas e bichinhos que se aproximavam de você.
Por isso é que você era a mais bonita do jardim…
Existem pessoas que se acham mais importantes do que as outras, e por isso se acham no direito de menosprezar os outros. 
Mas aos olhos de Deus cada um de nós tem o seu valor, e é de grande importância que nós reconheçamos o valor que tem o nosso próximo, para termos uma vida feliz…


Que Deus abençoe a todos! 

Anúncios